Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Belluzo deixa a presidência do Palmeiras com dívidas e sem títulos

Publicado
  • quinta-feira, 20 de janeiro de 2011
  • por
  • Kiko Andrade
  • A chegada foi triunfal. Ele era a expectativa de modernização do clube, de uma visão moderna e acadêmica e de conquistas para o Palmeiras. Na prática, as contas de 2010 do clube foram rejeitadas pelo conselho fiscal, o clube amarga salários atrasados e nenhum título nesses últimos dois anos.

    Luiz Gonzaga Belluzo em sua última entrevista como Presidente do Palmeiras

    Fragilizado por uma cirurgia no coração ao qual se submeteu no final do ano passado, Belluzo agora pode voltar à sua vida de economista renomado internacionalmente o que se contrapõe à atual situação econômica do Palmeiras: o clube deve perto de R$ 150 milhões.

    Maiores conquistas de Belluzo

    Como maior legado de sua passagem pela presidência do Palmeiras, Beluzzo cita o fato de ter modernizado o departamento social e de futebol do clube, além de ter dado os passos iniciais para a construção da nova arena Palestra Itália. Dentro de campo, as vitórias de Belluzo se resumiram a reunião de todos os ídolos recentes do clube: Marcos, Felipão, Valdívia e Kleber.

    Vários fracassos em dois anos

    Essa reunião de ídolos tinha um preço e hoje o Palmeiras vive uma grave crise financeira com atraso nos salários e direitos de imagem de vários atletas; por outro lado, Luiz Felipe Scolari recebe um salário mensal de R$ 700 mil sendo o técnico mais caro da America Latina

    A perda do campeonato brasileiro de 2009, da copa Sul-Americana em 2010, jogando em casa contra o rebaixado Goiás, além das experiências mal sucedidas como a contratação de Vagner Love e a demissão de Muricy Ramalho também ilustram negativamente a passagem de Belluzo pela presidência do clube paulista.

    O torcedor Belluzo

    Várias foram as manifestações em que o ex-presidente Belluzo se mostrou um fanático torcedor do Palmeiras. Um exemplo foi o lamentável episódio em que disse numa festa de torcidas organizadas: “Vamos matar os bambi (sic)! Eles já morreram hoje”. Na época, Belluzo se defendeu dizendo que era tudo uma brincadeira. Numa outra ocasião, após a derrota contra o Fluminense no Brasileirão de 2009 disse numa entrevista coletiva: “A única coisa que pode se fazer é encher o cara de porrada depois de um assalto desse. O cara foi de má-fé. Ele já devia ter sido excluído do futebol.”

    Em várias oportunidades, o torcedor se confundiu com o presidente

    O retorno à vida normal

    Agora o ex-presidente poderá se dedicar mais à sua família e a suas aulas de Teoria Monetária e Financeira nos cursos de pós-graduação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), mas admite que possa sentir falta do mundo do futebol:
    "Talvez eu vá sentir falta dos incômodos. Ser presidente não é fácil, é o dia inteiro resolvendo problemas. Nem sei como conseguia dar aula na faculdade. Mas não reclamo de nada. Foi uma honra ser presidente do Palmeiras", finalizou.

    O novo presidente do Palmeiras é Arnaldo Tirone, eleito na noite do último dia 19.

    Seja o primeiro a comentar!

    Deixe a sua opinião e contribua para o alto nível do debate!

     
    Copyright (c) 2010 Blogger templates modificado por Kiko Andrade
    1000% é melhor visualizado utilizando : Mozzila Firefox